A Consciência Social

©2018 BY A CONSCIÊNCIA SOCIAL. 

A nossa Identidade Nacional

August 16, 2018

 

Nós guineenses precisamos de reconstruir a nossa identidade nacional e reavaliar os nossos valores, para permitir que a G.Bissau se transforme numa nação estável e de referência. Apos a independência em 1974, os valores que tínhamos na altura tais como: a disciplina, tolerância, patriotismo, pontualidade, integridade, honestidade, respeito ao Estado de direito, entre outros, foram perdidos no caminho da formação da nossa identidade nacional. Reparem que os valores que acabei de mencionar têm uma presença forte na maioria dos países da Global North. 

 

Nos já temos os elementos essenciais que eventualmente podem nos ajudar a alcançar o desenvolvimento, por exemplo: a nossa história, cultura e o senso de propósito comum que temos. Deste modo, tendo está raiz, o que precisamos fazer, é reafirmar a nossa identidade e comprometermos com um conjunto de valores que são capazes de encorajar um desenvolvimento sustentável. 

 

Cogita-se, com muita frequência que o povo guineense se conforma com tudo. As más condutas, a corrupção extrema, indisciplina, desonestidade, ganância, desrespeito, egoísmo e fraca responsabilidade cívica, o que acabou por reforçar a falta de autoconfiança e aceitação do conformismo. 

 

No entanto, em vias de retroceder essas tendências negativas, todos os verdadeiros cidadãos guineenses devem começar a ser cidadãos ativos. Valores de disciplina, integridade, tolerância, bem como o respeito ao estado de direito, ajudaria na reconstrução da nossa identidade nacional. Pode-se argumentar que a nossa identidade nacional não é forte o suficiente para competir com as outras identidades (religiosas, étnicas, social, políticas) do país. Tudo o que tenho a dizer é que a identidade guineense não esta bem articulada. 

 

Nenhuma nação pode alcançar o desenvolvimento sem que as pessoas desenvolvam uma identidade clara com valores positivos. Devíamos restaurar os valores defendidos no nosso Hino Nacional e evitar atitudes negativas, a fim de transformar a Guine em um país democrático estável e unido. Todos nos devíamos trabalhar sistematicamente, para reafirmar e estabelecer esses valores na nossa sociedade, nas mulheres e nos jovens.

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

O PAIGC e a Demora na Tomada de Decisão

October 5, 2019

O Índice de Palma explica a Desigualdade Económica na Guine Bissau

August 23, 2019

Why the World needs Non-Proliferation Treaties?

August 11, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload