A Consciência Social

©2018 BY A CONSCIÊNCIA SOCIAL. 

FAKE NEWS NA GUINE BISSAU

Um ciclo vicioso e corrupto de propagandas políticas online, poderão causar graves problemas sociopolíticos no país. As propagandas contêm notícias falsas, maliciosas e infundadas. Basta ver a qualidade das abordagens políticas acessíveis nas redes sociais, para tirarem as vossas ilações.

Em outras palavras, se analisarmos o atual conflito político, que estagnou a nação durante 3 anos, chegaremos a uma conclusão: 

 

  • O número de personalidades Guineenses, que colaboram para uma má compreensão da nossa crise política online, cresceu exageradamente.

 

O mais chocante de tudo, é ver os meus compatriotas a debaterem sobre, o “Desenvolvimento”, a "Democracia" ou a “Soberania", sem conhecerem historicamente ou academicamente a ramificação dos conceitos mencionados acima; matérias que são fortemente debatidas na área de Social Science.


Neste momento, devíamos debater sobre o tema em questão (Fake News na Guine Bissau); especialmente por causa das eleições Legislativas e Presidenciais que se avizinham.

É imperativo mencionar que os smartphones tornaram-se os veículos que espalham uma mistura de rumores políticos, notícias falsas ou informações que transmitem ódio. Um bom exemplo são os Vlogs no Facebook ou um grupo de blogs que só desinformam a população.

A ineficiência das nossas instituições que mencionei no artigo anterior, indicam que as nossas leis não são modernas ou capazes de encorajar uma monitorização positiva em relação ao uso das redes sociais, especialmente durante o período eleitoral. Um outro aspeto importante sobre o desenvolvimento da nossa política, é a alta participação ativa dos jovens, o que por um lado é essencial, porque sem os jovens o futuro da política Guineense será uma tragédia.

O importante é não deixar as nossas diferenças políticas, princípios e valores servirem para aprofundar a divisão que existe na camada juvenil.

 

É importante reconhecer que se esta a formar uma nova ordem política e a competição para o cargo de PM atingiu um nível extremamente alto. 


Fake News na Guine Bissau

Imagens partilhadas nas redes sociais tornaram-se o elemento chave na expansão de notícias falsas durante  a crise política.

Ambos os adeptos dos principais partidos políticos usam imagens que não correspondem à realidade, para projetar uma falsa impressão de apoio ou para expor um ato de corrupção. Aliás já vimos vários documentos que contêm logos governamentais e partidários, que circularam nas redes sociais para concretizar as agendas políticas.


No meu entender, essas propagandas criam graves consequências na opinião pública o que poderá incentivar a Violência Cultural. 

Deste modo, pode-se afirmar que esta é a primeira eleição na história da Guiné Bissau, em que a redes sociais desempenham um papel decisivo.

O acesso aos smartphones têm vindo a crescer rapidamente ao longo dos anos, o que significa, que uma boa percentagem da população já tem acesso à internet.

Idealmente, essas tecnologias deviam ser aproveitadas para o bem coletivo - como a educação dos eleitores. Em vez disso, uma parte de personalidades Guineenses, que se consideram intelectuais, usam esta plataforma para implementarem as agendas políticas.

Em resumo, a nova onda de propaganda política nas redes sociais podem ser consideradas um perigo, para o processo eleitoral em curso, porque potencialmente poderá influenciar ou comprometer o processo.

É imperativo criar medidas capazes de proteger os nossos processos Democráticos contra os abusos ou as propagandas políticas que existem nas redes sociais. Há também uma necessidade de ensinar o uso positivo das redes sociais para garantir que os cidadãos apreciem o poder da internet e que utilizem a plataforma com responsabilidade e respeito.

 

Published By: A Consciência Social

 

Please reload

Our Recent Posts

O PAIGC e a Demora na Tomada de Decisão

October 5, 2019

O Índice de Palma explica a Desigualdade Económica na Guine Bissau

August 23, 2019

Why the World needs Non-Proliferation Treaties?

August 11, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload